Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Número de turistas que visitam Cabo Verde aumenta 27%
Print

Número de turistas que visitam Cabo Verde aumenta 27%

Written by Super User. Posted in Noticias

Cabo Verde foi o país africano que registou o maior aumento de chegadas de turistas internacionais em 2013, com um acréscimo de 27%, de acordo com o estudo referente ao impacto das viagens e turismo na competitividade das economias - Índice de Competitividade de Viagens e Turismo 2013.

Este resultado fez do país o primeiro destino turístico entre os PALOP, o terceiro na CPLP e o quarto na região da África subsaariana.

Cabo Verde está na 87ª posição no ranking geral que abarca 140 países. É superado na África apenas por Seychelles, Maurícias e África do Sul. Mas aparece à frente da Namíbia, Gana, Botsowana, Quénia, Ruanda e Senegal.

O relatório revela que a importância de Viagens e Turismo para a economia do país é indiscutível até porque, ao contrário dos outros países, Cabo Verde não possui recursos naturais. Mas o documento mostra que os esforços feitos do país são perceptíveis a nível das infra-estruturas turísticas, especialmente em termos de quartos de hotel disponíveis. Existe também uma boa infra-estrutura terrestre e aérea comparado com os padrões regionais.

Em relação ao norte da África, o T&T diz que os resultados do turismo na economia foram afectados pela transição política na Tunísia, que sofreu uma queda de 31% nas chegadas de turistas. Em função desta situação, estima-se que, até à data, as regiões da África subsaarianos tenham ganho mais de dois milhões de chegadas (7%). Este ganho compensou quase totalmente as perdas no norte de África (-9%). Já as receitas do turismo internacional aumentaram 2% em termos reais para 33 mil milhões de dólares.

O T&T explica que mais destinos abriram, transformando o turismo no principal impulsionador do progresso sócio-económico, através de receitas provenientes de exportação, criação de empresas e desenvolvimento de infra-estruturas. “Nas últimas seis décadas, o turismo experimentou um contínua expansão e hoje é o sector que mais cresce no mundo. Apesar dos choques ocasionais, as chegadas de turistas internacionais têm mostrado um crescimento ininterrupto de 25 milhões em 1950 para 278 milhões em 1980, 528 milhões em 1995 e 1.035 milhões em 2012”, lê-se.

A previsão é que até 2030 as chegadas de turistas internacionais em todo mundo vai aumentar 3,3% para 1,8 mil milhões, de acordo com a Organização Mundial de Turismo. Nos destinos emergentes, as chegadas deverão atingir os 4,4% ao ano. Ásia, Pacífico e África deverão ser os continentes a registar um crescimento mais consistente.

Para mais informações, aceder ao link http://www3.weforum.org/docs/TTCR/2013/TTCR_CountryHighlights_2013.pdf

Fonte: asemana