Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Notícias de 15 de Julho
Print

Notícias de 15 de Julho

Written by Adalberto Teixeira. Posted in Noticias

Estados Unidos

"A secretária Clinton ganhou o processo de nomeação democrata", declarou na terça-feira Bernie Sanders aos apoiantes em Portsmouth, no New Hampshire, onde surgiu depois com Hillary Clinton. "Tenciono fazer tudo o que estiver ao meu alcance para ter a certeza de que ela será a próxima presidente dos Estados Unidos", declarou o senador do Vermont, de 74 anos. Numa reação quase imediata, Donald Trump, o presumível candidato republicano à Casa Branca, emitiu uma declaração na qual acusa Sanders de pertencer a "um sistema viciado" ao decidir desistir da corrida e dar o seu apoio à ex-secretária de Estado, de 68 anos.

 

 

 

 

 

 

 

Cabo Verde

 

 

 

A proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2016 foi aprovada esta quinta-feira, 14, com 38 votos a favor do MpD. Contou porém com 26 votos contra do PAICV e duas abstenções da UCID. Em justificação, o MpD disse que o orçamento é transparente e acertado. Já o PAICV disse que o diploma é uma fraude. Por seu turno, a UCID justificou a abstenção por ter esperado mais equilíbrio e prioridades concretas.O PAICV criticou o aumento da despesa do Estado em mais de 11 milhões de contos, não obstante ter-se reduzido o corpo governativo. Apontou o dedo à cifra das despesas de funcionamento da máquina pública, aumentado em mais de seis milhões de contos. Advogou ainda que a proposta do OE vai sufocar ainda mais o sector privado com o aumento da taxa de juros na banca, em contra-mão com as promessas. Por seu turno, o partido no poder argumentou, a favor "para que se possa começar a dar dignidade e solução aos deslocados de Chã das Caldeiras". Apontou ainda o facto do documento conter um plano de contingência para o período das chuvas e um outro anti-vectorial. Defendeu ainda que a segurança começa a ser "finalmente" priorizada e que o diploma permite o descongelamento de "carreiras", bem como o aumento salarial dos professores (3%) e da Polícia Nacional (2%). Permite implementar o Estatuto da Policia Judiciária, as famílias vão receber a devolução dos impostos e os municípios vão estar isentos do IVA. Ainda defendeu que orçamento de 2016 ataca o problema dos transportes marítimos. Isto tudo, previsto num orçamento preparado em dois meses, congratulou-se, lembrando que este é o primeiro dos cinco orçamentos desta legislatura.

 

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, inicia esta sexta-feira,15, uma visita oficial de quatro dias às Canárias para estreitar relações de parceria com aquele arquipélago nos domínios económico, social e ambiental, informou o Governo.Ulisses Correia e Silva, que se faz acompanhar do ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, vai manter encontros com empresários locais, com a comunidade de residentes e estudantes cabo-verdianos nas Canárias e inaugurar Campus África, na cidade de La Laguna da ilha de Tenerife. O chefe do Executivo cabo-verdiano será recebido pelo presidente do Governo de Las Palmas de Gran Canaria, manterá encontros com o presidente da Câmara Municipal de Las Palmas e entidades oficiais da ilha de Tenerife. Para além disso, Correia e Silva fará uma visita ao Centro de Doenças Tropicais da Universidade de Laguna. Recorda-se que Cabo Verde e Canárias mantêm estreitas relações, nomeadamente no investimento empresarial. Neste momento mais de 60 empresas canarinas estão instaladas em Cabo Verde, com um investimento no país que ronda os 150 milhões de euros e mais de 500 empregos

 

 

 

A União Europeia (UE) vai doar a Cabo Verde 18 milhões de euros para apoiar projectos de combate ao desemprego no país, que afecta cerca de 16% da população activa, 34% deles jovens.Trata-se de uma verba enquadrada no 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED) para o projecto de combate ao desemprego nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, diz o presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) Vargas Melo. "Ainda desconhecemos os pormenores da implementação do projecto. Só temos a informação oficial de que há esse financiamento, avaliado em 18 milhões de euros. Estaremos a trabalhar com as nossas equipas para que Cabo Verde possa aproveitar o máximo que for possível, dentro do orçamento disponibilizado para o país".

 

Conforme Vargas Melo, no 10.º FED Cabo Verde, junto com Angola, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste foram beneficiados no quadro de um projecto de apoio ao sector da formação profissional e emprego, liderado pelo arquipélago. "Tendo em conta os resultados, a UE entendeu continuar o financiamento no 11.º FED para beneficiar os cinco PALOP mais Timor-Leste na criação de estratégias para a criação do emprego, focalizado sobretudo no auto-emprego e no empreendedorismo", explicou o presidente do IEFP, assegurando que há outros fundos a serem disponibilizados no quadro do programa de apoio à estratégia nacional de criação de emprego, financiados pela cooperação luxemburguesa e pelas Nações Unidas

 

Mais um atentado terrorista em França

 

 

 

Na quinta-feira, um camião acelerou cerca das 21:30 sobre uma multidão em Nice, sul de França, atropelando dezenas de pessoas. O último balanço do governo francês, ao início da manhã de sexta-feira, aponta para 84 mortos e 18 feridos em estado grave. Entre os mortos, contam-se várias crianças. Mais de 50 crianças e adolescentes estão internadas no hospital pediátrico de Nice, muitas entre a vida e a morte. Foi identificado como Mohamed Lahouaiej Bouhlel o tunisino que, na noite de quinta-feira, acelerou contra a multidão que, em Nice, se concentrara na Promenade des Anglais para assistir ao fogo-de-artifício. O terrorista foi abatido pela polícia mas não houve reivindicação, até agora, do ataque. Vários países reforçaram medidas de segurança e controlo de fronteiras, nomeadamente Bélgica, Itália, Alemanha, Espanha e República Checa.

 

O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, condenou o ataque em Nice e garantiu ainda que irá oferecer toda a assistência necessária a França para a investigação. "Em nome do povo americano, condeno nos termos mais fortes o que parece ser um ataque terrorista horrível em Nice, França, que matou e feriu dezenas de civis inocentes", disse Obama em comunicado. Também o embaixador da França nos Estados Unidos reagiu. Cancelou o baile de 14 de julho que estava previsto para a embaixada em Washington e informou a comunidade francesa que estava presente do atentado em Nice. Na embaixada de França em Washington estavam centenas de pessoas no salão e nos jardins, que se preparavam para o baile quando foram informadas da tragédia pelo embaixador, que cancelou a iniciativa.

O candidato republicano à Casa Branca também já comentou o atentado de Nice, afirmando na sua conta do Twitter: "Outro ataque horrível, desta vez em Nice, França. Muitos mortos e feridos. Quando é que vamos aprender? Isto só está a piorar". Donald Trump adiou a conferência de imprensa que tinha prevista para hoje, para anunciar a sua escolha para vice-Presidente.