Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Noticias de 6 de Maio de 2016
Print

Noticias de 6 de Maio de 2016

Written by Adalberto Teixeira. Posted in Noticias

Estados Unidos

 

 

 

 

 

 

 

Donald Trump venceu as eleições primárias do Indiana o que levou o rival Ted Cruz a desistir da sua candidatura, desimpedindo assim caminho para a nomeação do polémico multimilionário. Cruz garantiu que continuará a "lutar pela liberdade", mas não assumiu se apoiará Trump. John Kasich desistiu da corrida, menos de 24 horas depois de o senador Ted Cruz também ter desistido, após a vitória de Donald Trump na terça-feira nas primárias do Indiana. Fontes da campanha já tinham afirmado hoje que o governador do Ohio iria anunciar que abandonava a corrida presidencial.

 

 

 

 

Trump, que deverá ser confirmado como candidato presidencial na Convenção Republicana de julho em Cleveland, no Ohio, precisa de conquistar menos de 200 delegados para alcançar os 1.237 necessários para a designação. Já do lado democrata, só foi possível prever resultados após as 2:30 (hora de Lisboa), com as televisões americanas a finalmente atribuirem a vitória a Bernie Sanders, sobre Hillary Clinton, no que é um novo fôlego para uma campanha que vinha com quatro derrotas consecutivas. Esta será a sétima vitória consecutiva de Trump, que ainda não atingiu a maioria dos delegados que lhe permite ser o candidato republicano, mas aumentou a probabilidade de o conseguir até às últimas primárias, a 7 de junho.

 

Pelo menos nove ativistas foram detidos e cinco polícias ficaram feridos na cidade norte-americana de Seattle na sequência de um protesto do Dia do Trabalhador, assinalado no domingo, que degenerou em confrontos, afirmou a polícia local. Durante os confrontos ocorridos no centro da cidade de Seattle (noroeste dos Estados Unidos, estado de Washington), os manifestantes partiram janelas, arremessaram tijolos, pedras e 'cocktails Molotov' e lançaram engenhos pirotécnicos. Um agente da polícia sofreu ferimentos na cabeça ao ser atingido por uma pedra e um outro ficou ferido quando foi atingido por um 'cocktail Molotov', que não chegou a explodir, segundo referiu no domingo o departamento da polícia de Seattle na rede social Twitter. As forças de segurança indicaram ainda que outro polícia foi mordido por ativistas. Os ativistas detidos - oito homens e uma mulher - têm idades compreendidas entre os 20 e os 32 anos. Num comunicado, o presidente da câmara de Seattle, Ed Murray, disse que foi "lamentável e profundamente deplorável" que algumas pessoas tenham escolhido "envolver-se em atos de violência sem sentido e de destruição de propriedade". As autoridades de Seattle destacaram um grande contingente policial, que incluiu elementos da polícia de choque e agentes em bicicletas, cavalos e veículos, para controlar as muitas pessoas que começaram a concentrar-se ao final da tarde de domingo no centro da cidade, relatou o jornal Seattle Times. De acordo com o jornal local, a polícia conseguiu desmobilizar a multidão e retirar as várias centenas de manifestantes, muitos vestidos de preto, do distrito empresarial de Seattle. Em 2015, a polícia de Seattle deteve 16 pessoas nas manifestações do 1.º maio e foi criticada pelo uso excessivo da força, recordou ainda o jornal

 

Os Estados Unidos de América (EUA) vão doar cinco barcos-patrulha à Polícia Marítima para ajudar o país a tornar suas águas territoriais e portos mais seguros e menos sujeitos a actos criminosos.Os cinco barcos, incluindo equipamentos e treinamentos, estão avaliados em 750 milhões de escudos ( cerca de seis milhões e 800 mil euros), vai ser feita pelo comando norte-americano em África (AFRICOM). Ao usar da palavra na cerimónia que formaliza a oferta, o embaixador norte-americano em Cabo Verde, Donald Heflin, disse que esta doação serve os interesses de ambos os países no combate ao narcotráfico e a outros crimes transnacionais no Golfo da Guiné. "A segurança é o alicerce da democracia cabo-verdiana e também é fundamental para que a economia continue a crescer", vincou o diplomata norte-americano. Donald Heflin aproveitou a oportunidade para felicitar o Governo de Cabo Verde pela recente apreensão de 280 quilos de cocaína, em alto mar, no quadro de uma operação denominada "Príncipe III". Desde 2008, os Estados Unidos investiram aproximadamente quatro biliões e 750 milhões de escudos (mais de 23 milhões de euros) na melhoria da segurança das fronteiras marítimas de Cabo Verde, incluindo a instalação do Centro de Operações de Segurança Marítima (COSMAR) em Cabo Verde. Já realizou formações em matéria de combate à lavagem de dinheiro, treinamentos de polícias e de forças militares.

 

 

 

 

Um navio de cruzeiro zarpou na madrugada deste domingo, 1 de Maio, do porto norte-americano de Miami, na Florida, com destino a Cuba, pela primeira vez em meio século, devido ao degelo diplomático entre Washington e Havana.Com cerca de 700 passageiros a bordo, o paquete "Adonia", da Fathom, filial do grupo norte-americano Carnival, levantou âncora pelas 16:00 (19:00 em Cabo Verde) do porto de Miami, bastião da diáspora cubana nos Estados Unidos. Chegou esta segunda-feira a Havana, primeira etapa do cruzeiro de uma semana à ilha comunista. A empresa Fathom tenciona realizar dois cruzeiros semelhantes por mês, com o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre os dois países, na sequência da aproximação iniciada em dezembro de 2014 entre os antigos inimigos da Guerra Fria.

 

Os erros médicos são a terceira causa de morte nos EUA, após as doenças cardiovasculares e o cancro, com cerca de 250 mil óbitos por ano, segundo os cálculos de dois investigadores publicados na British Medical Journal (BMJ). Não existem estatísticas oficiais sobre as mortes resultantes de erros médicos. Mas estimativas recentes situam-nas entre as 210 mil e as 400 mil entre os doentes hospitalizados nos EUA. Com base em estudos que remontam a 1999, e extrapolando para o conjunto das hospitalizações reportadas em 2013, Martin Makary e Michael Daniel, da Johns Hopkins University School of Medecine de Baltimore, calcularam uma taxa média de 251.454 morte por ano ligadas a erros médicos, um número que consideram "subestimado", porque só consideraram as mortes ocorridas no hospital. "É a terceira causa de morte nos EUA", afirmou Makary, que em declarações à AFP, sublinhou que o problema não é específico dos EUA, mas generalizado em todo o mundo. "As pessoas morrem por erro de diagnóstico, sobredoses de medicamentos, tratamentos fragmentados, problemas de comunicação ou complicações evitáveis", acrescentou. Disse também que a má qualidade dos cuidados de saúde em África mata provavelmente "mais pessoas que a sida ou o paludismo juntos". Os autores do estudo recomendaram a aplicação de medidas que permitam reduzir "a frequência" e "as consequências" dos erros médicos

 

 

 

O governo do estado norte-americano da Califórnia elevou a idade legal para fumar dos 18 para os 21 anos, dentro de um conjunto de medidas legislativas que regulam também os cigarros eletrónicos. Após a aprovação no Senado estatal no passado dia 10 de março, o projeto de lei aguardava apenas a assinatura final do governador, o democrata Jerry Brown, que rubricou a nova norma na quarta-feira. Deste modo, a Califórnia, o estado mais povoado dos Estados Unidos, com 39 milhões de habitantes, juntou-se ao Havai. Os dois estados têm agora a idade requerida para fumar mais elevada dos Estados Unidos. Este novo pacote de medidas sobre o tabaco foi aprovado apesar da rejeição da maioria dos deputados republicanos. O senador democrata Ed Hernández, impulsionador da iniciativa, assinalou em março que a medida vai salvar vidas porque fará com que menos adolescentes comecem a consumir tabaco. A regulação californiana proíbe também que os cigarros eletrónicos sejam usados em restaurantes, teatros, cinemas e outros espaços públicos onde o tabaco tradicional já era proibido.

 

 

 

 

 

Cabo Verde

 

 

 

 

O Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, anunciou esta terça-feira, a constituição do novo elenco para o Conselho da Administração da TACV. José Luís Sá Nogueira é o novo presidente do Conselho da Administração da empresa, sendo auxiliado por Armindo Sousa, Administrador Financeiro, e Mário Socorro Barbosa na função de Administrador de Operações.No período turbulento que a empresa vive a palavra de ordem neste momento é trabalho. Assim disse o Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, adiantando, que não obstante o considerável capital humano, a companhia custa ao Estado cerca de "100 mil contos mensais", valores elevados tendo em conta à situação financeira do país. "Como todos sabemos, este elevado montante, poderia pagar o salário mínimo de 10 mil trabalhadores e é um dinheiro que o Estado não tem, considerando a alta taxa de endividamento público que hoje atinge os 130 por cento do PIB," afiançou José Gonçalves. Com este novo elenco na administração da empresa, o ministro garante que estão ali pessoas idóneas e competentes, com experiência e resultados comprovados na TACV. "O presidente do CA está ligado à empresa desde 2009, tendo representado a TACV nos últimos anos no mercado emergente do Brasil. O Administrador para a área financeira é também uma pessoa com larga experiência na TACV, tendo sido Administrador financeiro. Por sua vez, o Administrador para a área de Operações é comandante com comprovada experiência na navegação e operações da empresa". Para já, estão bem definidas as medidas que visam driblar a conjuntura da companhia aérea, destacando a busca de soluções inovadoras de reestruturação e privatização da TACV, para garantir a sua sustentabilidade e a optimização, avança. José Gonçalves anunciou igualmente que o Governo "efectuará também, com máxima urgência, uma auditoria técnica e financeira, para apurar a verdadeira situação económica e financeira da empresa, já que os dados e a situação apresentados não inspiram confiança e fiabilidade nos números e nos cenários avançados". Contudo, sublinha, o Governo pede a colaboração e o apoio de todo o efectivo da empresa, "num espírito de equipa coesa que certamente alcançaremos o nossos grande objectivo comum que é salvar a TACV".

 

 

 

 

O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe, e o Embaixador da União Europeia, José Manuel Pinto Teixeira, presidiram sexta-feira, 6 de Maio, o arranque da Semana da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia.A Semana da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia, que será comemorada até o próximo sábado, 14, abarca diversas actividades que se estendem pela Cidade da Praia, Ribeira Grande de Santiago (Cidade Velha), pelas universidades Piaget e de Cabo Verde, cinema da Praia e alguns locais turísticos, como cafés e hotéis da capital. Desses eventos destacam-se uma feira/exposição e um Seminário sobre "A importância da Qualidade e da Regulação na vida dos cidadãos - A parceria especial com a UE e o seu impacto na melhoria das condições de vida dos cabo-verdianos", que acontece na Sala de Conferências da Uni-CV, campus do Palmarejo. A feira terá a participação da Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), do Instituto de Gestão da Qualidade e da Propriedade Intelectual (IGQPI) e da Delegação da União Europeia em Cabo Verde.

 

 

 

Os ministros da Agricultura e do Ambiente, Gilberto Silva, e das Infraesturturas, Habitação e Ordenamento do Território, Eunice Silvavisitaram a ilha do Fogo nesta semana para se inteirar-se do processo de realojamento das famílias deslocadas de Chã das Caldeiras.Durante três dias, os dois ministros contactaram as autoridades, tendo em vista a retoma das actividades económicas, tendo também efectuado diversas visitas de terreno para saber em que ponto está o processo de realojamento e os trabalhos de reconstrução. Fizeram uma deslocação ao armazém da Enapor para vistoriar os contentores de ajuda enviados de Angola com materiais de construção civil; à Adega Maria Chaves, às obras de reabilitação das casas em Monte Grande e Achada Furna; e tiveram encontros com as famílias da Chã. A visita às instalações provisórias da Adega de Chã incluiiu uma reunião com o presidente da Agrocop sobre a construção da adega definitiva. Visitaram ainda Monte Amarílio, Monte Velha, Perímetro Florestal, e fizeram visitas de cortesia ao Pároco, ao presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo e à delegação do Ministério de Desenvolvimento Rural, onde se reuniram com os técnicos e funcionários.

 

 

 

A delegação ministerial encontrou-se ainda com Arlindo Brandão, do Gabinete de Reconstrução do Fogo, com a Comissão de Aconselhamento para a gestão dos Fundos aos Deslocados de Chã das Caldeiras, com o Director do Gabinete Técnico Fogo/Brava e com o Director do Parque Natural. Nos Mosteiros, Adalberto Silva e Eunice Silva visitaramo a delegação do MDR, a empresa Fogo Coffe Spirit, a Adega Sodade e a Câmara Municipal.

 

 

 

Apos essas visitas e conversacoes, foi anunciado que anova adega definitiva em Chã das Caldeiras deverá ficar concluida em 2017e que o governa vai criar as condições mínimas para salvar a produção deste ano, acrescentando que o Ministério vai rever o concurso lançado pelo anterior Governo. Tudo para "ser completado com detalhes técnicos e com preços definitivos para evitar adendas ao projecto e encarecimento da obra posteriormente". A vindima inicia no próximo mês de Julho, por isso, o ministro mostra-se apreensivo em relação à produção de vinho. Para o Ministro da Agricultura e Ambiente "há uma "situação de emergência com o processamento da uva. Há uma capacidade instalada para cerca de 45 por cento (%), mas há a necessidade de rapidamente se proceder à importação de equipamentos para fazer face à produção de uva, cuja previsão é para o dobro da produção do ano passado".

 

 

 

Silva, indica que face à duplicação de produção, há que resolver rapidamente o problema dos equipamentos para que os viticultores possam retomar esta actividade económica. O governante afirmou ainda que conversou com a Associação e que há algum entendimento verbal, que terá continuidade, sobre a importação dos equipamentos e a construção da nova adega em Chã das Caldeiras. Conforme avançou o ministro, existe um fornecedor das Ilhas Canárias identificado e há uma colaboração técnica estabelecida com o Cabildo de Tenerife que o Ministério da Agricultura vai potenciar e acelerar para que se possa dotar os viticultores de equipamentos para a produção. No entender do governante "mais do que ter os equipamentos há que preparar a própria adega para receber esses equipamentos". O governo pediu aos viticultores de Chã uma proposta concreta para preparação do espaço para instalar tais equipamentos. A nova adega/cooperativa, com capacidade para 500 mil a um milhão de litros de vinho e que deverá custar mais de 700 mil contos (6.5 milhões de euros) para construção física e equipamento será edificada no interior da Caldeira no espaço identificado pelos produtores

 

 

 

Um morto e dois feridos é o trágico balanço de um acidente de viação, ocorrido na noite deste domingo,01, na cidade de São Filipe, ilha do Fogo. Adilson Daniel "Danny" Fernandes (na foto), de 28 anos, morreu minutos depois de dar entrada no Hospital de São Filipe com traumatismo craniano e lesões em várias partes do corpo.O acidente deu-se quando uma viatura ligeira (hiace), que fazia o percurso do aeroporto para a cidade, embateu na parte lateral do táxi conduzido por "Danny". O taxista de profissão deu entrada no Hospital de São Filipe em estado grave, com traumatismo craniano e lesões em outras partes do corpo. Não resistiu aos ferimentos, acabando por falecer momentos depois. Dois ocupantes da hiace deram entrada no Hospital Regional em São Filipe, com pequenas escoriações e estão fora de perigo. As autoridades ainda não se pronunciaram sobre as causas deste acidente, mas tudo aponta para erros de condução. O excesso de velocidade e descuido dos condutores têm marcado os acidentes ocorridos na ilha do Fogo nos últimos tempos. O condutor da viatura ligeira, por sua vez, encontra-se detido para averiguações do acidente e teste de alcoolemia, soube o asemanaonline

 

 

 

O Tribunal da Praia decretou prisão preventiva para um dos dois estudantes cabo-verdianos que cursava Medicina em Bolívia devido a suspeita de ligação aos quatro quilos de cocaína apreendidos na mala de um casal brasileiro no Aeroporto da Praia. O outro estudante cabo-verdiano ficou sob Termo de Identidade e Residência (TIR) e, tal como ele, o cidadão espanhol de origem boliviana também implicado no caso devem apresentar-se periodicamente à Polícia Judiciária.O trio foi detido na sexta-feira última, nas cidades da Praia e de Assomada. Segundo a Polícia Judiciária, o grupo está envolvido em tráfico internacional de estupefacientes por via aérea. Foram relacionados ao caso dos quatro quilos de cocaína trazidos por um casal brasileiro, de 19 e 20 anos, detido pela Célula Aeroportuária Anti-Tráficos (CAAT) no Aeroporto Nelson Mandela, há uma semana.

 

 

 

O Grupo OJFP – Odair José Ferreira Pinto, constituído por um empresário mindelense e a esposa, adquiriu as instalações da antiga firma Trafo Electrónica, na Zona Industrial do Lazareto (ZIL), para actuar no sector pesqueiro. Em paralelo, a empresa, que já é proprietária de uma unidade de produção de farinha de peixe para ração animal, vai neste mês, inaugurar a sua empresa de catering, a Silima, construída de raiz. O edificioestava bloqueado pela banca e abandonado pelos donos há cerca de 11 anos. Não será uma extensão da fábrica de farinha de peixe. Aque industrial afirmou: Vamos lançar um projecto diferente, mas na área do pescado. A única garantia que posso dar neste momento é que vamos criar algumas centenas de postos de trabalho, ainda antes do final deste ano". Mas, para isso, será preciso realizar um investimento de fundo no pavilhão que, durante o tempo que esteve abandonado, foi "desventrado". Vários materiais foram roubados, como por exemplo, a instalação eléctrica, o telhado, de entre outros. "Vamos reconstruir quase que completamente o pavilhão e equipar o espaço com maquinaria adequada. Este será o segundo projecto da OJFP na área da indústria do pescado", assegura. Contudo, evita avançar qual o exacto volume de investimento que a sua empresa vai realizar, porque segundo afirma "ainda estamos a fazer o levantamento dos custos, sobretudo para a recuperação do edifício e aquisição dos equipamentos".

 

 

 

Neste momento a capacidade da fábrica é de 50 toneladas por dia. Com a montagem da nova linha, que será de 75 toneladas, a produção vai subir para as 125 toneladas diárias. Quanto à matéria-prima, o que não falta em Cabo Verde são resíduos de pescado, que não são consumidos. Daí que o empresário, além de contar com o actual fornecimento em resíduos (que a empresa já recebe da Frescomar), está a estudar a possibilidade de passar a adquirir arenque aos pescadores.

 

 

 

 

Os três indivíduos detidos pela Polícia Nacional na cidade do Porto Novo na sexta-feira, 29 de Abril, na posse de 430 gramas de cocaína e haxixe, foram ouvidos este domingo no Tribunal da Comarca deste município de Santo Antão. Alecton, Elídio e Tito vão aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva.Das rusgas e buscas efectuadas nas residências desses indivíduos foram encontrados ainda cerca de 82 mil escudos em dinheiro e alguns talões de depósito que, segundo uma fonte deste jornal, indiciam que, para além do consumo, os três indivíduos dedicavam-se também à venda da droga.