Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Noticias de 29 de Abril
Print

Noticias de 29 de Abril

Written by Adalberto Teixeira. Posted in Noticias

Estados Unidos

 

 

 

 

 

 

 

Donald Trump está cada vez mais perto de se tornar o candidato republicano à Casa Branca, depois de ter vencido, esta madrugada (hora de Lisboa), as eleições primárias nos cinco estados norte-americanos que foram às urnas esta terça-feira, de acordo com as projeções da maioria dos media dos EUA. Pelos democratas, Hillary Clinton arrecadou a vitória em Connecticut, Maryland, Delaware e Pensilvânia distanciando-se cada vez mais de Bernie Sanders, avançam as mesmas projeções. A maioria dos delegados republicanos dos estados norte-americanos do Connecticut, Delaware, Maryland, Pensilvânia e Rhode Island escolheram ontem Donald Trump como o homem que querem que seja o seu candidato presidencial.

 

 

 

 

Mas os dois adversários de Trump parecem estar ainda determinados a travar o multimilionário. Para isso, já se tornou do conhecimento público um pacto de não-agressão firmado entre Cruz e Kasich para os próximos três estados a votar nas primárias: naqueles estados em que um dos dois pré-candidatos esteja mais forte, o outro afasta-se. Se conseguirem evitar que Trump chegue aos 1237 votos, a nomeação terá de ser decidida por aclamação na convenção republicana de julho, em Cleveland. Trump já reagiu, queixando-se de ser vítima de um "conluio" que classificou como mais um sinal de que o sistema está a tentar privá-lo de uma nomeação que é sua por direito.

 

 

 

Do lado Democrata, Hillary Clinton lidera as primárias democratas até agora, afirmando-se cada vez mais como a favorita para ser nomeada candidata do partido nas eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, agendadas para novembro. O seu rival nesta corrida, o senador Bernie Sanders, ganhou ontem apenas em Rhode Island. Com estas vitórias de Hillary Clinton, ficam cada vez mais longínquas as hipóteses de Bernie Sanders conseguir apanhar a ex-primeira dama. Sanders, no entanto, não desiste. Afirmando que vai lutar e manter-se na corrida até ao fim, garante que tem mais hipóteses do que Clinton de captar uma gama mais alargada dos votos do eleitorado norte-americano em geral, nas eleições de novembro.

 

O presidente americano Barack Obama encontrou-se este domingo com a chanceler alemã, Angela Merkel, na cidade industrial de Hanover para abordar temas como as relações económicas e a crescente ameaça terrorista à segurança transatlântica. O encontro assinalou o inicio de uma vista de dois dias do presidente Obama à Alemanha que incluirá também conversações com os líderes da Grã Bretanha, França e Itália.O presidente Obama afirmou, durante uma conferência de imprensa conjunta, que os Estados Unidos e a União Europeia devem avançar com um histórico acordo sobre comércio livre apesar da grande oposição ao mesmo. Obama e Merkel pretendem angariar mais apoio para a Parceira para o Comércio e Investimento Transatlântico, o pacto de comércio livre que está a ser negociado entre os Estados Unidos e a União Europeia. Os opositores argumentam que o pacto daria demasiado poder às multinacionais em detrimento dos consumidores e dos trabalhadores. Estima-se que um acordo do género acresceria 100 mil milhões de dólares anualmente às economias dos dois lados do Atlântico. Obama e Merkel também participaram na abertura da Feira Industrial de Hannover, considerada como a maior feira do género em todo o Mundo incluindo mais de 6 mil e 500 expositores provenientes de 70 países. A Casa Branca afirma que a ocasião põe em destaque a importância da colaboração entre os Estados Unidos e a Alemanha em muitas questões incluindo a economia e o comércio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cabo Verde

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O assassino das onze pessoas em Monte Tchota pretendia eliminar algumas chefias militares na cidade da Praia, entre os quais o comandante da 3ª Região Militar, o tenente-coronel Carlos Monteiro, o padrasto e despedir-se da irmã. Foi, aliás, este o motivo que o levou a fazer um taxista refém durante cerca de horas, antes de ser capturado.Estas informações foram avançadas à TCV pelo taxista mantido refém por Manuel António "Antany" Silva Ribeiro. Após prestar declarações à Polícia Nacional, Rodney revelou que, enquanto foi mantido refém, o soldado suspeito de ser o responsável pelo massacre de Monte Tchota, contou-lhe que as suas próximas vítimas seriam as chefias das Forças Armadas, entre os quais o comandante da 3ª Região. Segundo o taxista, acabou de descer um passageiro em frente aos Bombeiros, quando Antany entrou no seu carro, disfarçado com uma peruca e um chapéu. De início não reconheceu o alegado assassino. Mas começou a suspeitar por causa do mau-cheiro que o indivíduo exalava. Tentou esquivar-se alegando que ia buscar um outro cliente, quando este manipulou a arma e disse-lhe que iam fazer uma missão e, para lutar por sua vida, teria de fazer tudo o que ele mandasse. Apesar do receio, tentou obedecer as suas ordens e ganhar a sua confiança. O próprio Antany acabou por contar ao taxista que estava a ser procurado por causa do assassinato das onze pessoas em Monte Tchota. Este pediu-lhe para o levar para um local isolado porque estava cercado pela polícia. "O seu objectivo era ir à zona de Portinho, que é um local muito isolado. Mas fiquei com receio de, chegado lá, ele me matar e deixar o meu corpo por ali, como queima de arquivo. Disse-lhe que, se ficássemos parado em um lugar, automaticamente a PN poderia suspeitar de nós. Ele concordou e decidimos então ficar dentro da cidade da Praia, sobretudo na zona baixa. Estivemos três horas a circular". Foi durante esse tempo que Antany pediu ao taxista se conseguia arranjar-lhe algum dinheiro e um lugar para ficar. Disse-lhe para irmos à casa de um amigo para ir buscar a chave de um quarto e algum dinheiro. "Fomos então à casa desse meu amigo e foi de lá, do terraço da sua casa, que chamei a polícia. Esta demorou cerca de 25/30 minutos para chegar. Ele tentou arrancar o carro, mas como não sabia conduzir, quebrou a viatura. Tentou fugir, mas foi capturado pela polícia", acrescenta. Entretanto, apesar de todas estas explicações, ainda existem muitas zonas escuras nesta história. Por exemplo, a que abusos em concreto Antany referia e porque exactamente naquele dia decidiu agir? Se realmente não sabia conduzir, como disse o taxista, como é que ele conseguiu dirigir o carro alugado pelos espanhóis até chegar à Cidadela?

 

 

 

Na lista das 11 vítimas estão três civis - Danielson Reis Monteiro, de S. Vicente, Angelo Martinez Ruiz e David Sanches Zamarreño (ambos de nacionalidade espanhola). Foram identificados oito elementos das Forças Armadas: Nelson Neide de Brito, da ilha Brava, Romário Steffan Dias Lima e Anacleto Lopes dos Santos, de S. Antão; Marilson Adérito Delgado Fernandes, Mário Stanick Fernandes Pereira, José Maria Correia Ribeiro, Wilson Ramos Mendes e Adérito Silva Rocha, todos os cinco de Santiago.

 

 

 

 

 

Familiares do militar suspeito de matar 11 pessoas em Cabo Verde disseram hoje à agência Lusa que na origem das mortes poderão estar alegados maus tratos de que o jovem seria alvo no quartel, no interior de Santiago. Em declarações à Lusa, um primo de Manuel António Silva Ribeiro, mais conhecido por Entany Silva, o principal suspeito das mortes, disse que este lhe confessou ter matado na segunda-feira os oito soldados e três civis, entre os quais dois cidadãos espanhóis, no posto militar de Monte Txota, concelho de São Domingos, no interior da ilha de Santiago. Sem querer identificar-se, o familiar informou que, após o crime, Entany saiu do local e nessa noite dormiu em casa, no Palmarejo, onde lhe mostrou fotografias dos corpos, que tirou com o telemóvel. A mesma fonte adiantou ainda à Lusa que Entany Silva lhe disse que disparou contra os militares por ser alvo de maus tratos dos colegas no destacamento em Monte Txota. Quanto aos civis, o jovem militar confessou-lhe que os dois espanhóis e o cabo-verdiano, que iriam realizar operações de manutenção de equipamentos de telecomunicações, chegaram ao local com um carro e que Entany queria o veículo para abandonar o posto, mas estes terão resistido e foi nesse momento que atirou sobre eles também.

 

 

 

O primo de Entany falava à Lusa na esquadra policial do bairro de Palmarejo, onde muitos outros familiares se encontravam desde a tarde de terça-feira, por motivos de segurança, mas também para colaborar com as autoridades. Manuel António Silva Ribeiro, mais conhecido por Entany Silva, e cujos familiares são naturais da ilha do Fogo (São Filipe), nasceu a 09 de junho de 1993 no bairro praiense do Palmarejo, mas cresceu no Paiol do Coqueiro. É que segundo contou à Lusa o padrasto, Albertino Pires, a mãe de Entany vive nos Estados Unidos há 16 anos e o pai morreu em 1998, tinha o filho cinco anos de idade. Depois de terminar o 12.º ano, Albertino Pires recordou que tentou arranjar trabalho a Entany numa empresa de segurança, mas este queria era mesmo ir "para a tropa", e foi como voluntário a 02 de maio do ano passado, estando a faltar pouco mais de dois meses para completar os 14 meses de serviço militar. Albertino Pires, que mora no bairro da Bela Vista, contou ainda que Entany tinha o sonho de ir para os Estados Unidos, e já tinha todos os documentos necessários, estando apenas à espera de uma petição e de sair da tropa. O familiar descreveu Entany como uma pessoa "calma", que conversava pouco, a não ser com os amigos mais próximos.

A Polícia Judiciária, na presença do Procurador Vital Moeda e representantes da ONUDC e CCCD-Drogas, em Cabo Verde, procedeu à incineração dos 280 quilos de cocaína apreendidos no quadro da operação denominada de Príncipe III. A PJ aproveitou para limpar a sua caixa forte, procedendo também à incineração de outras cocaínas e cannabis apreendidos na Praia. Patrício Varela afirma que as autoridades judiciárias estão empenhadas em combater de forma célere o tráfico de drogas e crimes conexos para evitar que isso faça escola em Cabo Verde. De acordo com o director da PJ, para além dos 280 quilos de cocaína apreendidos no pesqueiro Príncipe III, a PJ ateou fogo a outras drogas, incluindo os quatro quilos apreendidos no Aeroporto da Praia a um casal brasileiro. Somado, foram mais de 300 quilos de cocaína incinerados e 160 quilos de cannabis. Parte dessas drogas resultam de apreensões efectuadas de 2010 a esta parte, cuja destruição ainda não tinha sido autorizada pelas autoridades judiciais.

 

 

 

 

O Governo desmentiu, em conferência de imprensa no final do dia desta terça-feira, a ligação da chacina em Monte Txota com o narcotráfico. O Executivo tranquilizou os cabo-verdianos, informando que terá sido um militar em serviço no Monte Txota o autor da chacina naquele destacamento militar. Tirou a vida a 11 pessoas. O executivo deita, assim, por terra a tese do narcotráfico.O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, foi o porta-voz do comunicado da imprensa sobre a tragédia de hoje. Informou que um soldado afecto ao destacamento militar do Monte Txota encontra-se desaparecido e "há fortes indícios" de que esteja envolvido nos acontecimentos. Mais. Disse que "não há indícios de ligação destes acontecimentos com o narcotráfico". Outrossim, afiançou o ministro que "motivações pessoais" estarão na origem do sucedido, pelo que excluiu a "ideia de atentado contra o Estado de Cabo Verde".

 

 

 

O navio Liberdade, que se encontrava retido no Porto Grande em São Vicente, devido às más condições atmosféricas que se faziam sentir nas últimas 48 horas, retoma esta terça-feira, 26, a sua ligação marítima regular entre as ilhas de Santiago, Fogo e Brava, avançou ao asemanaonline uma fonte da Agência Cabo ,Verde Fast Farry.As centenas de passageiros que ficaram em terra nos últimos dois dias já podem viajar para os seus destinos a partir desta terça-feira, 26, conforme fontes da agência de viagens da Cabo Verde Fast Ferry. A companhia avança ainda que o navio pretende fazer duas viagens ao dia, até 30 de Abril, por causa das pessoas que pretendem passar as festividades da bandeira e do dia do município em São Filipe, ilha do Fogo.

 

O ex-Primeiro-ministro José Maria Neves regressou ao seu quadro de origem e apresentou-se esta segunda-feira, 25, na Universidade de Cabo Verde, conforme prometera antes de deixar o Governo.Num curto "post" publicado na sua página oficial na rede social, "facebook", José Maria Neves escreve que acaba de apresentar-se "com muito orgulho e com o sentido do dever" no seu quadro de origem na Universidade de Cabo Verde (UNI-CV). José Maria Neves afirmara também, antes de deixar o Governo, que o próximo passo é sair do país para continuar os estudos.

 

 

 

 

O Tribunal da Comarca da Praia decretou prisão preventiva a um casal brasileiro, de 19 e 20 anos, detido pela Célula Aeroportuária Anti Tráficos (CAAT), na posse de duas malas contendo quatro quilogramas de cocaína no Aeroporto Internacional Nelson Mandela.A detenção do casal aconteceu no último sábado, durante a fiscalização do voo VR 100. O casal, que vinha de Fortaleza (Brasil), fez escala na ilha do Sal, tendo como destino a cidade da Praia.

 

 

 

A Câmara Municipal e a Unitel T+ inauguraram esta segunda-feira, 25, o Parque Sócio-desportivo do Bairro III Congresso em São Filipe. O local será palco de numerosas iniciativas desportivas.Para o autarca de São Filipe, Luís Pires, esta iniciativa foi no sentido "de associar requalificação urbana ao desporto". A autarquia reformou o espaço em frente ao lar de idosos, que ficou mais bonita com duas pequenas quadras para pratica do "street basket", outra de ginástica e um espaço de lazer. Agora Luís Pires desafia os munícipes a realizar actividades de lazer e a praticar exercício físico ao ar livre. Trata-se de um investimento global de cerca de cinco mil contos, que será alargado a outros bairros e localidades do município. Para, Madoeno Silva, a empresa Unitel T+, que lidera na ilha do Fogo, "estará sempre aberta a iniciativas do género".

 

 

 

Lenilda Silva,16 anos, foi coroada a nova representante da beleza foguense na madrugada desta terça-feira, 26, num concurso que contou com a participação de 14 jovens de vários pontos da ilha. Lenilda recebeu também o prémio da Miss Fotogenia. A Miss Fogo garantiu igualmente a participação no concurso de África Ocidental. Além dos títulos, Lenilda Silva recebeu um prémio monetário de cem mil escudos: 80 mil CVE como a Miss Fogo e mais 20 mil escudos pela Fotogenia. A nova Miss Fogo ganhou ainda vários outros brindes oferecidos pelas entidades patrocinadoras do evento. Já nas outras categorias, Claudia Varela foi eleita Miss Simpatia. O prémio de Primeira-Dama foi atribuído a Manuela Fernandes, que receberá a quantia de 60 mil escudos, e o de segunda dama a Deiva Khiana Silva, agraciada com um valor monetário de 40 mil escudos. Já a Miss Fotogenia e a Miss Simpatia vão receberam 20 contos cada. As candidatas desfilaram de biquíni, traje desportivo e de noite. Durante o concurso vários grupos e artistas locais aproveitaram o momento de troca de roupas das candidatas para mostrarem o seu talento musical. Marcaram também a presença no certame alguns músicos conhecidos, casos de Amadeus Fontes, Nais de Socol e Zé Rui e sua Banda

 

 

 

As ilhas da Boa Vista, do Sal e de Santo Antão estão no TOP 10 das melhores ilhas africanas, feito pelo conhecido site Trip Advisor. Esta lista, que indica as melhores ilhas para visitar e passar férias neste ano de 2016, coloca Boa Vista no 5º posto, seguida do Sal no 6º, enquanto Santo Antão figura no 9º lugar.Boa Vista manteve a posição do ano passado(5º), enquanto que a ilha do Sal subiu do 7º para 6º. A ilha de São Vicente que ocupava o 10º posto no ano passado saiu, dando lugar à Santo Antão que está no 9º. Sobre Boa Vista o site Trip Advisor faz referência ao canto das aves exóticas que traz um clima de acalmia à ilha das Dunas, das tartarugas e baleias jabuarte que se divertem nas águas rasas da ilha. Também descreve a paisagem que convida o visitante a caminhar e descobrir encantos da ilha, tal como observar o naufrágio de Santa Maria ou explorar o Forte do Duque de Bragança, construída para proteger o ilhéu de Sal Rei dos piratas. As dunas de areia varridas pelo vento e o Deserto de Viana são inspiradores, diz o Trip Advisor. Do Sal destaca-se as praias e os trechos de areia branca que combinam com as águas de cor azul-turquesa e cristalina, um cenário perfeito para um dia de descanso de sol. Sal é também ponto de referência para os amantes dos desportos náuticos e para os mergulhadores que observa nas suas águas uma grande variedade de peixes tropicais, tartarugas e golfinhos. Em terra firme, refere ainda o Top Advisor, as crianças e os adultos tem a oportunidade de desfrutar da miragem de Terra Boa, que oferece uma ilusão de óptica que conjuga o olhar de um lago calmo no meio de um vasto planície liso. Já quanto à ilha de Santo Antão, o site não faz qualquer menção às suas características, mas ostenta paisagens do Paul e de outras localidades e ainda das casas típicas da ilha, feitas de pedra e cobertas de palha, cravadas nas rochas de tom verde que contrastam do mar azul. Recorda-se que esta eleição das melhores ilhas africanas foi feita pelo site Trip Advisor que divulgou os Travelers’ Choice Awards que também escolhe as dez ilhas a nível mundial onde se destacaram a Madeira (Portugal) e Fernando de Noronha (Brasil). Para elaborar estas listas participaram mais 128.000 internautas, que escolheram as melhores ilhas a nível mundial para o Travelers’ Choice Awards. A votação foi feita pelos utilizadores do site e medida através da quantidade e qualidade dos comentários.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Embaixada da República Popular da China entregou um donativo no valor de 3.080.000 (três milhões e oitenta mil escudos) ao Centro de Formação da Polícia Nacional, na cidade da Praia.Este donativo vai auxiliar o Centro de Formação da PN na aquisição de materiais informáticos para apetrechar o espaço e sanar outras necessidades. Esta iniciativa vem instituir um novo marco nas relações de cooperação bilateral entre a embaixada chinesa e o Centro Nacional de Formação da PN. Estão também em perspectiva "relevantes acções" no domínio da formação técnico-policial, um dos pilares desta parceria. Além disso as duas instituições perspectivam um pacote de medidas para o aprofundamento destas relações de cooperação "estruturante" para o triénio 2017/2018/2019. Dessas medidas destacam-se programas de Formação bilaterais no domínio técnico-policial em áreas como investigação criminal, policiamento de proximidade e acções contra o terrorismo. Ainda contempla planos de requalificação das instalações dos serviços do Centro Nacional de Formação da PN, construção de edifícios para o centro de formação e programas de intercâmbios entre os efectivos da PN de Cabo Verde e os da polícia chinesa

 

 

 

 

 

 

 

Fáron Jesse Peckham é um jovem cabo-verdiano-americano, de 32 anos, que escolheu viver na cidade da Praia, terra do seu avô materno. Fundou uma empresa de transporte na cidade da Praia- (Ecobus) – que recicla e usa óleo alimentar como combustível. E o sucesso está à vista: em menos de dois anos passou de um para seis carros.A ideia de montar uma empresa de transportes na cidade da Praia, surgiu depois da nossa da caótica experiência de viajar de "hiace", relata Fáron Jesse Peckam. Este economista empreendedor foi entretanto mais longe que simplesmente montar uma empresa que aposta na pontualidade - usa óleo alimentar como combustível. Peckham iniciou as suas experiências na reciclagem há cerca de três anos e hoje consegue cerca de uma tonelada de combustível através do óleo alimentar dos restaurantes. E as contas estão-lhe na ponta da língua: gasta em média 20 escudos no processo de transformação de um litro de biocombustível. Enquanto paga actualmente 74.9 escudos por litro de gasóleo. No que toca à eficiência, a variação da performance dos seus hiaces quando usando fuel e óleo é de cerca de 5%. E o negócio vai de vento em popa. Adquiriu seis viaturas hiaces em menos de dois anos. Mas Fáron já está a estudar novas alternativas energéticas visto que consome cerca de oito toneladas de combustível/mês. Entretanto, através do óleo alimentar só consegue uma tonelada. Por isso diz que já estar a trabalhar com óleo usado de motor que abunda mais. "Só a Electra desperdiça mensalmente oito toneladas deste resíduo", realça garantindo que esta é uma boa alternativa tanto para as finanças da Ecobus como para o ambiente. A pontualidade é outro factor importante na aposta deste jovem. Construiu uma paragem na cidade da Praia e outra em Assomada de onde partem à hora marcada as suas seis viaturas. Garante que a relação de confiança com os seus clientes já está a dar frutos. E quer fazer um máximo de sete voltas por dia. A ideia é entretanto introduzir veículos maiores no futuro próximo.