Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Proprietário de táxi detido em flagrante, juntamente com o filho e um amigo enquanto torturava o taxista que trabalha para ele
Print

Proprietário de táxi detido em flagrante, juntamente com o filho e um amigo enquanto torturava o taxista que trabalha para ele

Written by Super User. Posted in Noticias


Um proprietário de táxi na cidade da Praia foi detido em flagrante, juntamente com o filho e um amigo, num local ermo de São Jorginho, enquanto torturava o taxista que trabalha para ele.

Por trás da agressão, com pauladas, poderá estar uma alegada dívida da vítima para com o seu patrão. O trio de sequestradores vai ser apresentado ao Tribunal esta segunda-feira, 04 de Janeiro. Conforme fonte policial, o alegado sequestro aconteceu por volta das 21 horas de sábado, 02 de Janeiro, quando o taxista foi colocado dentro de uma carrinha de marca Toyota Corolla e levado para um lugar ermo, em São Jorginho.  No local, e segundo a Polícia Nacional (PN), o proprietário do táxi de 43 anos, o filho, de 19, e um amigo, de 39, torturaram o taxista com um pau. As pauladas sofridas deixaram o taxista com o corpo cheio de hematomas.  Moradores nas proximidades ouviram os gritos e accionaram a PN. Ao chegar, os agentes encontraram ainda o trio de raptores e a vítima toda ensanguentada. Os agressores, que foram imediatamente detidos pelos agentes, vão ser apresentados ao Tribunal esta segunda-feira, 04 de Janeiro, para interrogatório. Já a vítima recebeu tratamento médico e registou queixa na esquadra.  O caso é também de conhecimento da Polícia Judiciária, até porque a carrinha que foi utilizada para levar a vítima até São Jorginho ainda não foi localizada