Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 28

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.input_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 29

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.output_encoding is deprecated in /home/radionha/public_html/libraries/joomla/string/string.php on line 30
Home

Noticias de 23 de Setembro

 

Estados Unidos

 

O americano de origem afegã procurado pelos atentados bombistas de New Iorque e New Jersey durante o último fim-de-semana foi detido pelas autoridades após um tiroteio com a polícia. Ahmad Khan Rahami foi detido pela polícia em Linden, Nova Jérsia. O suspeito foi detido quatro horas depois de o FBI ter divulgado a sua fotografia numa mensagem enviada para os telemóveis de milhões de pessoas na área de Nova Iorque, identificando-o como "armado e perigoso".

Noticias de 26 de Agosto

 

Estados Unidos

 

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai viajar para o Hawai, onde nasceu, na próxima quarta-feira, para anunciar a criação da maior reserva natural marinha do mundo, revelou a Casa Branca.  Obama, que fez do ambiente uma das prioridades dos seus dois mandatos, vai anunciar uma massiva expansão da reserva marinha de Papahanaumokuakea, que apresenta vestígios arqueológicos de antigas colonizações e recifes de coral.  A superfície da área protegida – que é já maior do que a Grécia ou a Coreia do Norte – vai quase quadruplicar para 1,51 milhões de quilómetros quadrados, segundo a Casa Branca.  Ou seja, vai ter um tamanho quase duas vezes superior a França.  O Presidente dos Estados Unidos também vai visitar o atol de Midway, que fica no interior da área protegida, para marcar a decisão.  Segundo a Casa Branca, Obama vai proferir aí um discurso, enfatizando a ideia de que as mudanças climáticas “tornam mais importante do que nunca a protecção de terras e águas federais”.  Papahanaumokuakea, Património Mundial da Humanidade desde 2010, alberga mais de 7.000 espécies marinhas, incluindo o coral negro que pode viver mais de 4.500 anos. 

2 de Setembro de 2016

Estados Unidos

O olho do furacão Hermine tocou terra hoje na Florida, estado norte-americano ameaçado com inundações, deslizamentos de terras, tempestades e até tornados, informa o Centro Nacional de Furacões (CNH) dos Estados Unidos. O Hermine, de categoria 1 e que, segundo as autoridades, representa "perigo mortal", tocou terra na localidade de St. Marks (norte de Florida) minutos antes das 02:00 de madrugada, com ventos máximos de 130 quilómetros por hora. Este é o primeiro furacão a tocar terra na Florida desde o Wilma em 2005. De acordo como CNH, nas próximas horas o Hermine vai continuar a sua rota na direção nordeste pela Florida, entrando depois no estado de Georgia e, à noite, na Carolina do Sul, enquanto no sábado de manhã se espera que esteja na Carolina do Norte. O CNH prevê que o furacão vá perdendo força há medida que avança, até se converter numa tempestade tropical. Nos seus últimos boletins, o CNH estendeu os seus alertas a grande parte da costa Este dos Estados Unidos, incluindo pontos tão a norte como os estados de Nova Jersey, Virgínia e Delaware. O governador da Florida, Rick Scott, assegurou na quinta-feira que o Hermine representa um "perigo mortal" para os habitantes do norte do estado, recordando que se devem preparar, comprando água para três dias, e estar conscientes que o abastecimento elétrico pode falhar.

Noticias de 5 de Agosto

 

Estados Unidos

 

Donald Trump tem um novo alvo. Ao "diabo" da Hillary Clinton, aos muçulmanos, aos mexicanos juntam-se agora os bebés chorões. O candidato republicano mostrou ontem mais esta faceta num comício em Virginia, quando mandou expulsar da sala um bebé que chorava e que o estava incomodar. Trump começou por interromper com um comentário que parecia simpático e bem humorado. "Não se preocupem com o bebé. Eu adoro bebés", disse. "Eu adoro bebés. Eu ouço esse bebé a chorar, eu gosto. Que bebé, que bebé bonito. Não se preocupem, não se preocupem. A mãe às voltas, não se preocupem. É novo e bonito e saudável e é isso que nós queremos", continuou. Só que o bebé continuava a chorar e Donald Trump mostrou que, afinal, nem gosta assim tanto de bebés. "Na verdade, eu estava a brincar. Pode tirar o bebé daqui", disse. "Está tudo bem, não se preocupem. Eu acho que ela acreditou em mim quando disse que gosto de ter um bebé a chorar enquanto estou a falar. Está tudo bem. As pessoas não percebem, está tudo bem", afirmou.