Noticias de 26 de Agosto

 

Estados Unidos

 

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai viajar para o Hawai, onde nasceu, na próxima quarta-feira, para anunciar a criação da maior reserva natural marinha do mundo, revelou a Casa Branca.  Obama, que fez do ambiente uma das prioridades dos seus dois mandatos, vai anunciar uma massiva expansão da reserva marinha de Papahanaumokuakea, que apresenta vestígios arqueológicos de antigas colonizações e recifes de coral.  A superfície da área protegida – que é já maior do que a Grécia ou a Coreia do Norte – vai quase quadruplicar para 1,51 milhões de quilómetros quadrados, segundo a Casa Branca.  Ou seja, vai ter um tamanho quase duas vezes superior a França.  O Presidente dos Estados Unidos também vai visitar o atol de Midway, que fica no interior da área protegida, para marcar a decisão.  Segundo a Casa Branca, Obama vai proferir aí um discurso, enfatizando a ideia de que as mudanças climáticas “tornam mais importante do que nunca a protecção de terras e águas federais”.  Papahanaumokuakea, Património Mundial da Humanidade desde 2010, alberga mais de 7.000 espécies marinhas, incluindo o coral negro que pode viver mais de 4.500 anos. 

Noticias de 29 de Julho

Estados Unidos

Terminou ontem à noite em Filadélfia a convenção do pratido democrta onde a ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton aceitou a nomeação como candidata presidencial pelo Partido Democrata, tornando-se na primeira mulher a ser nomeada candidata à Casa Branca. "É com humildade, determinação e uma confiança sem limites na promessa da América que eu aceito a vossa nomeação para a Presidência dos Estados Unidos", disse a antiga primeira-dama sob aplauso dos participantes convenção nacional do Partido Democrata, em Filadélfia.

Noticias de 5 de Agosto

 

Estados Unidos

 

Donald Trump tem um novo alvo. Ao "diabo" da Hillary Clinton, aos muçulmanos, aos mexicanos juntam-se agora os bebés chorões. O candidato republicano mostrou ontem mais esta faceta num comício em Virginia, quando mandou expulsar da sala um bebé que chorava e que o estava incomodar. Trump começou por interromper com um comentário que parecia simpático e bem humorado. "Não se preocupem com o bebé. Eu adoro bebés", disse. "Eu adoro bebés. Eu ouço esse bebé a chorar, eu gosto. Que bebé, que bebé bonito. Não se preocupem, não se preocupem. A mãe às voltas, não se preocupem. É novo e bonito e saudável e é isso que nós queremos", continuou. Só que o bebé continuava a chorar e Donald Trump mostrou que, afinal, nem gosta assim tanto de bebés. "Na verdade, eu estava a brincar. Pode tirar o bebé daqui", disse. "Está tudo bem, não se preocupem. Eu acho que ela acreditou em mim quando disse que gosto de ter um bebé a chorar enquanto estou a falar. Está tudo bem. As pessoas não percebem, está tudo bem", afirmou.

Noticias de 22 de Julho

 

Estados Unidos: Convenção do Partido Republicano

 

 

 

O empresário norte-americano Donald Trump aceitou ontem oficialmente, ser candidato à Presidência dos Estados Unidos, num discurso na sessão de encerramento da convenção do Partido Republicano, em Cleveland, no estado do Ohio. "Eu, humildemente, aceito a vossa nomeação para a presidência dos Estados Unidos", disse hoje DonaldTrump perante uma ovação de pé e gritos: "USA, USA, USA". "Juntos vamos levar o nosso partido de volta para a Casa Branca", acrescentou. "Tenho uma mensagem para todos vós: o crime e a violência que hoje aflige a nossa nação vai em breve ter um fim. A partir de 20 de janeiro de 2017 a segurança vai ser restaurada", disse, afirmando ser o candidato da ordem pública: "Nesta campanha para a Casa Branca, eu sou o candidato da lei e ordem". "